Pela primeira vez na história, a Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro terá uma mulher no comando da instituição.

No dia 04 de novembro de 2022, a Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro (DPERJ) promoveu eleição ao cargo de Defensor Público-Geral do Estado do Rio de Janeiro para o biênio 2023-2024. A disputa ao cargo foi marcada por um ineditismo: três mulheres disputando ao cargo mais alto da instituição, será a primeira vez que uma mulher ocupará esse posto. Patrícia Cardoso Maciel Tavares, Sheila dos Santos Soares e Suyan dos Santos Liberatori tiveram suas inscrições deferidas pela Presidência do Conselho Superior da Defensoria Pública e, desta forma, compuseram a lista tríplice conforme Lei Complementar Nº 06 de 1977 e deliberação SECS/DPGERJ Nº 137 de Setembro de 2020.

Defensores Públicos, na ativa ou aposentados, puderam exercer o sufrágio a fim de escolher quem comandará a instituição nos próximos dois e assim o fizeram: em uma votação com 1101 (mil cento e um) votos válidos, Patrícia Cardoso sagrou-se a primeira colocada com 513 votos, seguida por Suyan Liberatori, 337,  e – por fim – Sheila Soares, 251. Patrícia Cardoso ingressou no serviço público aos 18 anos, sendo professora da rede municipal de ensino, entrou na DPERJ em 1994, há 28 anos, atuou como Coordenadora do Núcleo de Defesa do Consumidor (NUDECON) e atualmente é Coordenadora Cível. Apoiada pelo atual Defensor Público-Geral, Rodrigo Pacheco, o slogan de sua campanha foi “pluralidade e diálogo para avançar ainda mais”.

No último dia 01, Rodrigo Pacheco, entregou ao governador do Rio, Cláudio Castro, a lista que contém o nome das candidatas e o resultado da eleição, na reunião também estiveram presentes o Subdefensor Público-Geral de Gestão, Marcelo Leão, e a Subdefensora Pública-Geral Institucional, Paloma Lamego. Embora o governador não seja obrigado a escolher a mais votada – Patrícia Cardoso – para o cargo, há uma tradição de que o resultado da eleição seja seguido pelo chefe do executivo estadual. Cláudio Castro tem 15 dias, contados a partir do recebimento da lista tríplice, para nomear a nova Defensora Pública-Geral.

A Associação das Servidoras e Servidores da Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro (ASDPERJ) parabeniza a vencedora do pleito, Patrícia Cardoso, na expectativa de que a instituição continue com seu protagonismo no sistema de justiça e com avanços concretos na carreira do quadro de apoio da Defensoria Pública, propiciando, desta forma, a continuidade do serviço público de qualidade prestado à população vulnerável.

Em breve, divulgaremos a sabatina das candidatas em nosso canal no Youtube.

Foto: Defensoria Pública RJ

Últimas Notícias

SELEÇÃO DE EMPRESA

A ASDPERJ dá início ao processo de seleção de empresa para apoio de suas atividades.As propostas deverão ser apresentadas de 15 a 19/04/2024.Termo Referência –  (Clique

Saiba Mais »

Pela primeira vez na história, a Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro terá uma mulher no comando da instituição.